sábado, 1 de julho de 2017

DNOCS: testes na adutora Currais Novos começam este mês

As chuvas que ainda caem no Agreste e no Litoral Leste do Rio Grande do Norte não correspondem à realidade de crise hídrica que aflige 153, dos 167 municípios do Estado, onde permanece o decreto de emergência. As dificuldades no abastecimento são minimizadas pela rede de adutoras que cortam o território potiguar, e a atual expectativa na região do Seridó é pelo início de operação da adutora emergencial de Currais Novos.
A construção do equipamento está à cargo do Departamento Estadual de Obras Contra a Seca (Dnocs) e, ontem pela manhã, durante reunião em Fortaleza, na sede do órgão, o secretário Estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), Ivan Júnior, foi informado que os testes começam no próximo dia 5 de julho.
O prazo para conclusão das obras, de acordo com o próprio Dnocs, seria no início do mês de agosto, mas o Departamento antecipou o cronograma e garantiu ao titular da Semarh que a adutora deverá ser entregue até o dia 15 de julho. “Estamos atentos à situação hídrica do Seridó, e acompanhando de perto o andamento dessa obra que vai amenizar os danos causados por essa longa estiagem”, disse Ivan Júnior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário