sábado, 3 de junho de 2017

Novo golpe envolvendo contas do FGTS atinge usuários

O destaque na VEJA é que em algumas delas, as mensagens também contém pedidos para atualizar dados do fundo PIS/Pasesp, todos pela Caixa.

De acordo com a consultoria ESET, há diversas tentativas de golpe como o citado em andamento no país. O objetivo é, de forma geral, vender dados pessoais, realizar fraudes ou mesmo direcionar outros ataques para levantar ainda mais informações das vítimas.

Procurada, a Caixa Econômica Federal esclarece que não envia e-mail ou mensagens via WhatsApp sobre o saque de valores do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O banco também orienta que clientes acessem o site da instituição, por meio do 0800-726-0207, ou pelo aplicativo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário