sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Instituto convoca parlamentares e tenta salvar vaquinha para Lula

O ex presidente Luiz Inácio Lula da Silva concede entrevista coletiva sobre a denúncia do Ministério Público Federal contra ele e sua esposa Marisa Letícia por crimes de corrupção, em um hotel no centro de São Paulo - 15/09/2016A vaquinha virtual organizada para arrecadar recursos capazes de financiar a defesa de Lula nos milhares de processo a que responde é um fiasco. A dois dias do fim da campanha, a turma contabiliza R$ 188 mil, menos da metade da meta da R$ 500 mil.
Vendo que o pixuleco não está pingando o quanto planejou, o Instituto Lula – verdadeiro responsável pela mobilização – pediu aos quadros do partido, principalmente a deputados e senadores, para gravarem vídeos convocando a militância a abrir o bolso.
Já solicitaram contribuições Paulo Rocha, Fátima Bezerra, Humberto Costa, Regina Sousa e mais uma galera.
Nas correntes internas do partido, os pedidos começaram com R$ 5, R$ 10, duas semana atrás. Ontem, o desespero bateu, e quem capitaneia o movimento está mandando mensagens para apelando para doações de R$ 30.
O mico vira um gorila quando se compara o montante arrecadado para Lula com o que se viu na campanha idêntica lançada para socorrer Dilma. A ex-presidente levou R$ 726 mil, bem acima dos R$ 500 mil, mesma meta estipulada para bancar os advogados de Lula.
VEJA

Nenhum comentário:

Postar um comentário