quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

FOTOS: Polícia Civil de Assú prende grupo suspeito por homicídios cometidos na região

A Operação Remember, deflagrada pela Delegacia de Polícia Civil de Assú, com apoio da Polícia Militar, conseguiu prender três homens, uma mulher e apreendeu um adolescente que estão ligados a prática de assassinatos que aconteceram na região e a posse ilegal de armas de fogo. O grupo foi detido no começo da manhã desta quarta-feira (21). Seis armas de fogo foram apreendidas com os suspeitos.
A ação da Polícia tinha como meta cumprir mandados de prisão, de busca e apreensão contra suspeitos por homicídios. Dois dos investigados pela Polícia Civil, Antonio Marcos Sobrinho, conhecido como “Marquinhos de Duzentos”, 31 anos e Edivan Araújo de Medeiros, vulgo “Edivan de Pedro Garcia”, 35 anos, foram detidos em cumprimento a mandados de prisão preventiva. “A dupla é suspeita de ter tentado matar um adolescente no dia 01 de dezembro deste ano, como represália do roubo de uma motocicleta que teria sido subtraída de um tio de Edivan. Marquinhos de Duzentos efetuou os disparos, a mando de Edivan Araújo. Apesar dos tiros, o adolescente conseguiu fugir”, detalhou o delegado titular da DP de Assú, Cidorgeton Tony, que coordenou a operação.
Além desta dupla, a Polícia prendeu em flagrante pela prática do crime de posse ilegal de arma de fogo, a cunhada de “Marquinhos de Duzentos”, Maria das Dores de Melo, 52 anos e Adriano Soares da Costa, vulgo Borracheiro, 41 anos. Um adolescente que estava com duas armas de fogo, foi apreendido.
Remember – “O Nome da Operação Remember é uma alusão ao verbo “recordar” em inglês e teve como objetivo relembrar que a Polícia Civil continua atenta a qualquer manifestação de resgate das práticas de pistolagem na região ou da firmação de grupos e famílias que se alardeiem como tais”, afirmou o delegado Cidorgeton Tony. No ano de 2012, a Polícia Civil, por meio da Divisão de Polícia do Oeste (DIVIPOE), em conjunto com o Ministério Público Estadual, deflagrou a Operação Malassombro, desbaratando uma perigosa quadrilha responsável por diversos homicídios ocorridos no Vale do Assú, tendo como responsáveis integrantes das famílias Fonseca e Rodrigues.
Já em dezembro de 2015, a Polícia Civil realizou a mais impactante operação de combate à pistolagem na região do Vale do Assú, obtendo muitas prisões e elucidando diversos crimes de homicídio. A ação da Polícia Civil foi denominada Operação Abril Despedaçado, em referência a um filme nacional que retrata um conflito sangrento entre duas famílias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário