sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

ABUSO DE AUTORIDADE: STF fez Renan esquecer até o que tinha urgência

Beneficiário do veredicto meia-sola que o baniu da linha de substituição da Presidência da República, mas o manteve no comando do Senado, Renan Calheiros foi invadido por um sentimento de gratidão total. O projeto sobre abuso de autoridades, que o senador queria aprovar a toque de caixa para punir juízes e procuradores, foi enfiado no freezer. Renan perdeu a pressa. Natural. O Supremo demonstrou que o país precisa mesmo é de uma lei capaz de punir a falta de autoridade.
JOSIAS DE SOUZA

Nenhum comentário:

Postar um comentário