sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Polícia Civil continua a procura de suspeito de latrocínio contra empresário Rosemberg de Lagoa Nova

PC/ASSECOM
A Polícia Civil do Rio Grande do Norte prossegue em diligências na procura de Lucileno da Fonseca Nascimento, vulgo “Caibá” ou “Caibal”, acusado do latrocínio contra o empresário José Rosemberg Saldanha, ocorrido no dia 29 de novembro de 2016, em um condomínio localizado no conjunto Cidade Satélite, onde Lucileno e mais outros dois comparsas, sendo eles, Francisco Cledenilson do Nascimento Macedo, atualmente preso, e um adolescente, o qual foi apreendido durante investigações.
Alguns dias após o crime, Francisco Cledenilson e Lucileno foram presos, sendo este autuado por porte ilegal de arma de fogo, pelo mesmo estar com uma pistola calibre 7,65 mm, subtraída de José Rosemberg durante o latrocínio. Na ocasião, Lucileno estava sem documentos e forneceu nome falso, sendo liberado na audiência de custódia. A Polícia Civil continua diligenciando para localizar e prender Lucileno e pede ajuda da população para denunciar o paradeiro do homem, através do Disque Denúncia, 181, e dos telefones da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP): 3232-1195 ou 3232-1143. Segundo denúncias anônimas, Lucileno escondia-se no Rio Doce, localizado por trás de uma pequena ponte na estrada da Redinha, e na Favela do Mosquito, próximo a Ponte de Igapó, em Natal.

Um comentário: