quinta-feira, 23 de março de 2017

Para ter o piso, professores de Currais Novos terão que ir “atrás” de alunos?

Coube ao professor-vereador Marcos Xavier, explicar o porquê que o município de Currais Novos não cumpre o piso salarial dos educadores.
Afirmou que a prefeitura concederá 5% agora em abril e 3% em outubro.
Sobre a reposição do acumulado em atraso, não se ouviu falar nada de prazo.
O vereador apresentou números e deu a entender à população, que para o professor ter o seu salário aumentado, terá que ir a busca de alunos.
Ele disse que age com responsabilidade, dentro da realidade.
Até aí tudo bem, é a opinião dele.
Mas, o fato é que causou muita estranheza, vir justamente de um professor essa justificativa, “é muito esquisito”, disse um vereador.
Quando vereador…
Já Adailson Pereira disse que quando vereador, o hoje prefeito Odon Jr dizia que, se fossem cortados: contratos, gastos desnecessários, diárias e gente recebendo indevidamente Fundeb, dava sim pra pagar o piso. “Hoje, ele age diferente”, disse Adailson.
Com outros…
“Se fosse Sérgio, Eugênio, Carlson ou Zé Côco que fosse prefeito, certamente as barracas já estariam armadas em frente à prefeitura”, numa referência ao movimento reivindicatório do sindicato e professores.
Denúncia
Adailson disse ontem da tribuna da câmara, que “Tem gente em Natal, fora da sala de aula, mas recebendo Fundeb, pela prefeitura de Currais Novos”.
ALEXANDRE MOTO CAR

Nenhum comentário:

Postar um comentário