domingo, 26 de março de 2017

Homem é assassinado a tiros em via pública no bairro Paredões em Mossoró

Sílvio tentou fugir dos criminosos mas foi perseguido e morto

Mossoró registrou na manhã deste sábado, (25), mais um crime de homicídio provocado por disparos de arma de fogo. Desta vez, o caso aconteceu no bairro Paredões.
A vítima identificada até o momento como Sílvio Ney Filgueira da Silva, de 48 anos foi assassinado com vários disparos de arma de fogo na rua Venceslau Braz, próximo a Igreja de São José. Sílvio, morava a poucos metros de onde caiu sem vida.
Populares contaram a nossa equipe, que a vítima estava sentada na porta de casa na rua Rodrigues Alves, quando elementos em uma motocicleta pararam em frente à residência e começaram a atirar. A vítima tentou fugir correndo, mas foi alcançado e morto em via pública.
Segundo informações da Polícia, Sílvio Ney possuía passagens por delegacias da cidade. O mesmo era suspeito de um crime de homicídio em Mossoró.
Uma ambulância de suporte avançado do Samu chegou a ser acionada para o local, mas a vítima já estava em óbito. A Polícia Militar foi acionada e realizou o isolamento do local, até a chegada do Instituto Técnico e Cientifico de Polícia (Itep).
O crime será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
"Juninho" morreu com uma arma na cintura

Sílvio era acusado de matar Renato da Silva Júnior, de 17 anos, no dia (01), de julho de 2015, na rua Prudente de Morais, no bairro Bom Jardim. Na época, Juninho como era conhecido, foi morto por dois homens em uma motocicleta.
Segundo a polícia, Sílvio havia relatado na investigação, que teria matado Juninho, pelo motivo que o mesmo teria tentado tirar a vida de seu filho.(Mossoronoticias/Caiovale).
SHOP LANCHES

Nenhum comentário:

Postar um comentário