quarta-feira, 29 de março de 2017

Correios fazem cortes e podem ser privatizados


Os Correios preparam uma reestruturação para tentar sair do vermelho. Ontem, o ministro das Comunicações, Gilberto Kassab, afirmou que os Correios “vão caminhar para a privatização” se não cortarem despesas mais rapidamente.
Segundo Kassab, a empresa “corre contra o relógio”. Em 2016, a estatal teve prejuízo de R$ 2 bilhões.
As medidas incluem mudanças na entrega de correspondências, que deixará de ser diária.
Haverá rotas e dias da semana alternados para cada endereço.
A estatal, que recentemente anunciou um plano de demissão voluntária para 5.500 empregados, estuda meios de fazer cortes adicionais de servidores.
Além disso, benefícios como plano de saúde serão revistos.
E, para reduzir gastos, as férias dos funcionários foram suspensas até 2018.
ALEXANDRE MOTO CAR

Nenhum comentário:

Postar um comentário