terça-feira, 11 de outubro de 2016

Preso desde 2010, goleiro Bruno pode voltar a jogar por clube de São Paulo já em 2017

3oy1vl6ynh_36xo4bsbcv_filePreso desde 2010 por conta do assassinato de Eliza Samúdio, o goleiro Bruno, ex-Flamengo, pode retomar a carreira profissional em 2017.
A diretoria do Independente de Limeira, clube que disputa a Série A-3 do Campeonato Paulista, estuda com carinho a situação judicial do jogador para tentar contar com o veterano já no Estadual de 2017.
A defesa de Bruno tem tentado anular a certidão de óbito de Eliza Samúdio, conseguindo assim a liberdade para o ex-jogador.
Investidores do Independente estão otimistas com o acerto e não veem problemas com o fato de o goleiro ser um presidiário. A intenção é ajudar Bruno a retomar a carreira.
O envolvimento no sequestro e no assassinato da modelo Eliza Samudio levaram o sucesso e os planos de Bruno por água abaixo.
Depois de condenado a 22 anos e três meses de prisão, Bruno até tentou voltar aos campos, defendendo a camisa do Montes Claros, clube que disputa a segunda divisão do Campeonato Mineiro.
A tentativa de Bruno foi fracassada pois, para voltar a jogar, ele precisaria ser transferido para o presídio da cidade de Montes Claros e o pedido foi negado pelo juiz da Vara de Execuções Penais.
Esperançoso, Bruno concedeu entrevista exclusiva ao programa Gugu, da Record, e falou do que espera para o futuro.
No bate papo com o apresentador o goleiro chegou, inclusive, a falar que voltará ao futebol.
Segundo ele, a volta é certa, mesmo que não seja a nível profissional…
— Eu falei para o Macarrão: vou voltar (ao futebol), independente se eu voltar a atuar ou não. Não me vejo longe do futebol.
R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário