quinta-feira, 22 de setembro de 2016

OPERAÇÃO ARQUIVO X : Ex-ministro da Fazenda Guido Mantega é preso em 34ª fase da Lava Jato

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (22), a 34ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Arquivo X. Foram expedidos 33 mandados de busca e apreensão, oito de prisão temporária e oito de condução coercitiva, quando a pessoa é levada para prestar depoimento. Em São Paulo são cumpridos nove mandados: dois de prisão e sete de busca e apreensão - desses, 6 na capital e um em Sorocaba. As ordens judiciais referem-se aos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Bahia e no Distrito Federal.
São apuradas as práticas, dentre outros crimes, de corrupção, fraude em licitações, associação criminosa e lavagem de dinheiro.
O advogado de Guido Mantega, Roberto Batochio, confirmou que o mandado de busca e apreensão veio de Curitiba.Policiais federais foram à casa do ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, em Pinheiros, na zona sul de São Paulo, para cumprimento de mandado de prisão temporária e busca e apreensão. Segundo informações, o ex-ministro dos governos Lula e Dilma, já foi preso temporariamente no hospital Albert Einstein, onde acompanha operação da esposa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário