segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Celular é a principal arma contra a compra de votos nas eleições deste ano; eleitor também poderá ser punido

O celular promete ser a arma principal contra a corrupção nas eleições deste ano.Uma arma poderosa contra a compra de votos parece está funcionando nas eleições de 2016. Pois bem, um simples celular está reduzindo a corrupção que “corre nas veias” de grande parte dos brasileiros.
O aparelho, que hoje em dia todo mundo tem – seja simples ou dos mais modernos, poderá ser usado para gravações e filmagens que comprometam os candidatos. Os crimes mais comuns são a doação de dinheiro, material de construção, cestas básicas e outros benefícios pessoais que são trocados por votos.
Mas preste atenção, não é só o candidato que pode ser denunciado, o próprio eleitor se for flagrado vendendo seu voto será também responsabilizado criminalmente. As provas podem ser encaminhadas aos cartórios eleitorais e podem até cassar candidaturas e provocar prisões.
Por outro lado, tem eleitor já ameaçando flagrar a compra de votos e de imediato jogar nas redes sócias. Contudo, o correto mesmo é entregar a justiça.
Em Currais Novos o aparelho parece realmente está fazendo efeito. O que se houve pelas ruas é a falta de movimentação dos candidatos conhecidos como os “eleitos na base do real”.
SHOP LANCHES

Nenhum comentário:

Postar um comentário