domingo, 29 de maio de 2016

Coronel da Reserva da Polícia Militar pede desculpas a Polícia Civil por palavras de Styvenson

Por Interino
Veja as palavras do Coronel da Reserva da PM José Walterler Santos abaixo:
stivenson
“Ouvi com muita preocupação essa fala do Capitão Styvenson tecendo acusações desnecessárias, inoportunas, inadequadas e que não retratam a verdadeira realidade. Na Polícia Militar e na Polícia Civil existem os bons e existem aqueles que não querem absolutamente nada com nada. Todos nós sabemos disso. Existem aqueles indivíduos que utilizam apenas as nossas prerrogativas para atender os seus interesses pessoais. Mas a grande maioria, 90% ou mais, todos sem exceção, Polícia Civil e Polícia Militar são companheiros inseparáveis, homens que lutam no seu dia dia, dando o sacrifício da sua vida em prol dos interesses da instituição. Independentemente do desconhecimento, da desvalorização, do desrespeito com que o próprio governo trata a todos nós policiais militares. Portanto, eu na condição de Coronel da Polícia Militar, quero deixar aqui registrado o meu pedido de desculpas aos valorosos companheiros da Polícia Civil e dizer que a manifestação singular desse jovem capitão, nem pode e nem deve ser motivo para achincalhar ou desvirtuar os verdadeiros objetivos de todos nós policiais civis ou militares. Nós somos efetivamente grandes profissionais. E não podemos, Senhor Capitão Styvenson, generalizar. O senhor tem o dever de pedir desculpas a Polícia Civil do Rio Grande do Norte.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário