segunda-feira, 4 de abril de 2016

Joaquim Barbosa teria sonegado impostos em Miami

ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa não teria pago um tipo de imposto sobre imóveis ao comprar um apartamento em Miami em 2012. As informações foram divulgadas pelo jornal "Miami Herald" e pelo UOL.

Segundo a reportagem, o imóvel foi adquirido por US$ 335 mil e deveria ter recolhido cerca de US$ 2 mil em um imposto sobre a transferência de imóveis na Flórida, no sul dos EUA. O imposto sobre o valor do imóvel é de 7%.
No entanto, a publicação apurou que o recolhimento do imposto não consta no sistema do Registro Público de Miami, segundo a consulta feita pelo "Miami Herald".
Em 2012, período da compra, Barbosa era o relator do processo do mensalão no Supremo. O então ministro teria usado uma empresa criada pela Mossack Fonseca, chamada Assas JB1 Corp., para fazer o negócio.

2 comentários:

  1. Se ele não pagou, é porque o comprador foi outro! simples assim... onde estão os documentos de transferência de recursos das suas contas para a corretora?!
    Aí tem gato na tuba!

    ResponderExcluir
  2. Se ele não pagou, é porque o comprador foi outro! simples assim... onde estão os documentos de transferência de recursos das suas contas para a corretora?!
    Aí tem gato na tuba!

    ResponderExcluir